"Resgatar a história do Movimento Escoteiro em Macaé é voltar ao passado para o início dos anos 50. Cidadãos Macaenses que tendo conhecido o Movimento Escoteiro na Cidade do Rio de Janeiro e observando que o propósito e princípios desta Instituição poderiam ajudar na educação dos jovens Macaenses, resolveram fundar o primeiro Grupo de Escoteiros de que temos noticia.

Através de acordos sua Sede teve como primeiro endereço o então “Grupo Escolar Matias Neto”. Sob o numeral 21º RJ com o nome de “Grupo de Escoteiros de Terra Luiz Lawrie Reid”, tendo como lenço as cores do Município Azul e Branco.

Nossa cidade na época não passava de 40 mil habitantes, todos se conheciam através das famílias tradicionais. As atividades Escoteiras, acampamentos, caminhadas, bivaques etc. se davam nas cercanias da cidade, como por exemplo: próximo ao antigo Campo de Aviação hoje Aeroporto de Macaé, sítio de D. Cedalia, fazenda da família Machado, Águas Maravilhosas, entre outros. O Grupo sempre conduzido por valorosos cidadãos Macaense tais como: I Tenente Altair Chaves Pacheco, Sr José Passos de Souza Júnior, seguia sua jornada.

         

Nossa história por Antônio Carlos Agum

Em um período de 23 anos aproximadamente teve outros endereços como: Loja Maçônica Perseverança II No 8, Tênis Clube de Macaé.

Neste período o Escotismo crescia, nossa Cidade recebia atividades Regionais além das próprias. O Grupo cumprindo determinação regional através da coeducação abria timidamente suas portas para o ingresso de meninas. Dentro do cenário político Macaense, o Escotismo ficava cada vez mais conhecido, pessoas hoje ilustres em nossa Sociedade, passaram pelas suas fileiras A presença dos Escoteiros na Cidade se dava por período não muito longo. A partir da iniciativa de Antigos Escoteiros que se organizavam e iniciavam uma nova etapa deste Movimento, algumas vezes como Grupo outras com apenas uma Tropa, e também mescladas com escoteiros do mar e base (terra). O fechamento destes Grupos se dava sempre pela falta do voluntariado adulto para dar prosseguimento às atividades.

Em 15 de novembro de 1981 a história volta a se repetir. Foi firmado um acordo entre a UEB e o Tênis Clube de Macaé cujo presidente na época o Sr. José Passos de Souza Junior, apoiado por Antigos Escoteiros como, “Ely de Miranda Brochado, Fabiano Batista Gomes, Nádia Pacheco, Evilásio José Rodrigues, Heitor de Niz Filho, com o nome de 95º RJ Grupo de Escoteiros de Macaé mais tarde 95º RJ Grupo de Escoteiros “José Passos de Souza Júnior” com as cores amarelo e verde um novo Grupo se iniciava.

Hoje com 33 anos, segundo o programa Coleta de Dados e outros registros internos, seguramente 2000 a 2500 jovens e adultos passaram por esta Instituição.

Nestes anos apenas um dos seus fundadores permanece em suas fileiras a Sra. Nádia Pacheco, outros entusiastas colaboraram para que esta Instituição se mantivesse viva. Entre muitos podemos destacar: Ten. Itacir Indicatti, Antônio Carlos Agum, Hélio Marcio da Silva Porto, Ítalo Gomes Barreto, Sávio Augusto Magaldi, Aparecida Cosolato Bazane, Marcus Vinicius, Alcides Salles Filho, Rodrigo Nogueira Agum, Francisco Afonso Figueiredo, Anderson Medeiros e tantos outros.

Durante estes anos a Instituição teve altos e baixos e nesta gangorra, a dedicação destes valorosos adultos presenciou fases de grandes alegrias permeadas com momentos de tristeza, isto serviu para o seu amadurecimento como Instituição e também o privilégio de se destacar entre os Grupos que compõe a Região do Estado do Rio de Janeiro. Nestes 10 últimos anos sempre esteve entre os 5 maiores Grupos sendo que em 3 deles maior em número de registro.

Em outubro de 2007 durante a Assembléia Escoteira Regional, foi agraciada com o Troféu de reconhecimento como o de melhor qualidade Técnica Administrativa da UEB Regional.

Em sua trajetória seus momentos de glória tiveram os seguintes reconhecimentos: Troféu Cumprindo a Missão Regional durante 12 anos intercalados. Ganhador de Troféu Padrão Ouro, Prata e Bronze pelas participações no Grande Jogo Regional. Troféus Grupo Padrão Nacional Prata e Bronze. Integrantes do Grupo condecorados com Medalha de Gratidão no Grau Ouro por relevantes serviços prestados as Unidades Locais. Condecorado com Medalha de Serviços no Grau Prata por bons serviços prestados a Região Rio de Janeiro. O único Grupo do Estado que três de seus integrantes nomeados para a seleta Equipe de Formação (EQFOR) do Estado. Três de seus integrantes foram Coordenadores Regionais, entre outros reconhecimentos, Esta é a nossa história."

 - Antonio Carlos Agum

Feito com ❤ por Allan Viana e Renan Roli

© 2020

Macaé, RJ

História
Promessa Escoteira

Lei Escoteira

Objetivo do Movimento

Nos mande um e-mail!
instagram-logo.png
Deixa seu Like no Facebook :)

95º Grupo Escoteiro José Passos de Souza Jr.